10 dicas preciosas para mechas perfeitas

Conversamos com alguns dos maiores experts em coloração do Brasil que nos deram dicas mais que preciosas para arrasar nas mechas. Confira!

1. No caso de fios virgens, as mechas podem ser feitas com coloração e clareadas em até três tons. Já nos coloridos escuros há necessidade de passar por uma descoloração – sem se esquecer, é claro, de antes realizar o teste para conferir se a fibra resiste à química.

2. Apesar de serem serviços praticamente personalizados, é importante prestar atenção em alguns detalhes antes de realizá-los. “Cada cliente pede uma combinação adequada às suas características pessoais e condições do cabelo, bem como textura, corte e forma como ele costuma ser estilizado”, avisa a hairstylist Jô Nascimento, do Estúdio Jô Nascimento, em Limeira (SP). E mais: a pele conta muito ao escolher a nuance da mecha, que deve ser de dois a três tons abaixo da cor da pessoa. Loiros que puxam para o amarelo ficam ótimos com mechas bege, já os castanhos e avermelhados são perfeitos com acobreados.

3. Após descolorir o cabelo é essencial matizá-lo. “O tonalizante neutraliza o amarelado da parte clareada e dá uma nuance mais natural e menos marcada. Também devolve a estrutura normal do fio, que é desestabilizada durante o procedimento químico”, explica a hairstylist Jô Nascimento, do Estúdio Jô Nascimento, em Limeira (SP). A expert costuma marmorizar com tons 8.13, 9.1 ou 8.1 e deixar agir por 20 minutos.

4. Quando os fios descoloridos estão sem brilho ou amarelados demais, o cabeleireiro Sylvio Rezende, do Salão Tony by Sylvio Rezende (SP), utiliza uma mistura de oxidante (100 ml de 30 vol), pó descolorante (100 g) e xampu antirresíduos (100 ml). “Basta misturar tudo e aplicar nos fios, massageando até dar o desbotamento desejado. Enxaguar bem e aplicar o tonalizante na cor escolhida”, afirma ele.

5. É essencial fazer um bom serviço de retoque para manter as mechas impecáveis. Portanto, o profissional deve ser muito cuidadoso e trabalhar apenas a parte crescida da raiz. Esse cuidado evita sobrecarregar os fios com nova química, o que eliminaria elementos essenciais como proteínas e água e resultaria em ressecamento e até quebra.

6. Mas se na hora do retoque a cliente quiser o cabelo ainda mais claro, a solução é fazer outras mechas e em tons mais claros. Para isso, basta pegar novos fios e trabalhá-los da raiz às pontas. Nos que já foram descoloridos, é só dar sequência às faixas, aplicando a química apenas na parte crescida. Caso a pessoa queira abafar um pouco as luzes, o colorista deve eleger uma cor dois tons mais escura e aplicá-la de ponta a ponta, fazendo uma faixa escura a cada três ou quatro trabalhadas no retoque.

7. Outro detalhe é não exagerar na dose do produto (lembre-se de que ele ganha volume durante a reação química), principalmente perto da raiz, para que não escorra e atinja partes já trabalhadas. O tempo de pausa também deve ser observado e não pode ser inferior ao da última aplicação.

8. Além da mudança de tonalidade, também é possível trocar de técnica. Para ir de reflexo para luzes, por exemplo, o indicado é fazer um processo inverso, usando coloração em nuance próxima ao fundo para cobrir as mechas finas do comprimento. Depois, puxar luzes no mesmo tom da descoloração anterior. Já se a ideia é partir de luzes para reflexos, as faixas devem ser mais largas e em maior quantidade, da parte crescida da raiz até as pontas, sem deixar o produto encostar na que foi descolorida anteriormente. E, para finalizar, o tonalizante, que
elimina tonalidades indesejadas

9. Se mesmo com toda atenção o cabelo manchar, siga a dica de Sylvio Rezende: “Faça o retoque com um pincel bem fininho, usando base 5.0 ou 6.0, que são nuances que ‘fecham’ o tom manchado”, ensina.

10. Nunca, jamais, esqueça de fazer o diagnóstico. É importante saber o histórico do cabelo, analisá-lo atentamente e realizar teste prévio, para evitar problemas com a incompatibilidade de químicas. Lembre-se de que o fio alisado com hidróxidos de guanidina, sódio ou lítio e tioglicolato de amônio, ao entrar em contato com o descolorante, tende a emborrachar e até cair.

Mãos à obra!

Fonte: Cabelos & Cia

Foto: Reprodução / The Small Things

Penteados para noivas

Penteados para noivas

No grande dia, é fundamental harmonizar o cabelo com o modelo do vestido escolhido, como acrescenta Sonia Nesi: “As noivas devem ter uma consultoria. Se o vestido for muito elaborado, bordado e com mangas compridas, vale prender os fios para mostrá-lo bem. Porém, se for um vestido para casamento diurno, as coroas de flores estão com tudo nos fios soltos e com babyliss”.

Leia também: Penteados para cabelos cacheados que todas podem fazer em casa

Foto: Reprodução / The Small Things

FOTO: REPRODUÇÃO / THE SMALL THINGS

Foto: Reprodução / The Beauty Department

FOTO: REPRODUÇÃO / THE BEAUTY DEPARTMENT

Foto: Reprodução / Bridal Musings
Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Wedding Bee

FOTO: REPRODUÇÃO / WEDDING BEE

Foto: Reprodução / Once Wed

FOTO: REPRODUÇÃO / ONCE WED

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / The Small Things

Fonte:Dicas de Mulher

Dicas de pentedos

Os cabelos certamente fazem parte do visual da mulher. O visual dos fios ajuda a complementar o look, combinando com a roupa e os acessórios, e é interessante que eles estejam harmonizados em ocasiões especiais.

Existem vários fatores que são importantes observar antes de optar por um penteado, como, por exemplo, o local do evento, horário e o destaque que você terá dentro dele. Com esses requisitos observados, é hora de escolher o penteado que mais te favorece e que vai arrematar seu visual.

Mesmo que não sejam para um evento específico, os penteados são alternativas para mudar o visual no dia a dia e fugir um pouco da aparência de sempre. Veja abaixo diversas dicas de penteados, comentadas pelos profissionais do salão Sonia Nesi e Rudi Werner, desde os mais simples até os mais elaborados, e que também se encaixam em diversas ocasiões:

Penteados para casamento

Para escolher o penteado para um casamento, é fundamental saber o horário e local do evento antes de definir o penteado e a maquiagem. A cabeleireira Sonia Nesi, do Studio Sonia Nesi, acrescenta: “É ideal também saber qual vestido será usado. Assim você escolherá o melhor penteado e maquiagem”.

Para os eventos durante o dia, a profissional indica os penteados com tranças para qualquer tipo de fio, ou até mesmo os fios soltos. Para eventos noturnos, a profissional acredita que uma trança mais elaborada possa ser uma ótima opção. Coques mais simples e rabos de cavalo mais incrementados também são ótimas alternativas, caso você seja apenas convidada e não desempenhe nenhum papel especial no evento.

Penteados para cabelos curtos

Quem pensa que os fios curtos ficam limitados para os penteados, está enganado. Para um penteado mais simples, o babyliss proporciona um charme e textura especial para os fios, e para penteados mais elaborados, tranças laterais e coques mais volumosos são ótimas saídas. A profissional Sonia Nesi, também destaca o uso de acessórios, como os grampos com pedrarias, por exemplo, que são ótimos para sair do óbvio e criar um diferencial para os cabelos curtinhos.

Penteados para formatura

Sem dúvidas, a formatura é uma data muito especial e deixa a formanda em busca de inspirações de look, cabelo e maquiagem, muito antes da data do evento. Sonia comenta as opções para esta data especial: “Escolha um coque, meio preso. Vale apostar em penteados que valorizem o rosto e investir numa bela maquiagem”. Para as que preferem os cabelos soltos, tranças ou meios presos bem acabados são ótimas alternativas.

Penteados para madrinhas

madrinha tem um papel importante de destaque na cerimônia. O hairstylist Rudi Werner, do Werner Coiffeur, comenta as opções de penteados: “Madrinhas também podem investir em coques, como o coque rosquinha, coque com topete, coque brigitte…Há um leque de opções. Mas, meio presos e tranças não precisam ser descartados”.

Foto: Reprodução / The Small Things

Fonte: Dicas de Mulher

3 tratamentos faciais que podem ser feitos em qualquer época do ano

Todas as mulheres querem estar sempre bonitas e atraentes e, de preferência, com rosto sedoso, exibindo jovialidade. O problema é encontrar espaço na agenda para realizar tratamentos faciais, que podem utilizar muito mais tempo do que temos disponível. Outra dificuldade é se programar para realizar técnicas que podem ser feitas somente em determinadas estações do ano.


Com a correria do dia a dia, é um grande desafio encontrar um horário para fazer as pazes com o espelho. No entanto, a Onodera possui metodologias que podem se encaixar em sua rotina e solucionar isso, do inverno ao verão. Ficou curiosa? Então, confira as nossas indicações a seguir.

Ono Peeling Fast

Essa novidade é direcionada especialmente para quem não quer ou não pode dedicar muito tempo, pois a sessão tem duração média de 15 a 20 minutos. Ideal para fazer na hora do almoço, por exemplo. E essa rapidez não interfere na eficácia. Pelo contrário, o procedimento é feito com um aparelho de laser que atinge toda extensão da derme, promovendo o rejuvenescimento e a produção de colágeno. A técnica trata ainda poiquilodermia, face avermelhada e rosácea.

Microdermoabrasão

Também conhecida pelo nome de Peeling de Cristal ou de Diamante, a técnica moderna e segura visa corrigir imperfeições e trazer de volta e manter a beleza da jovialidade. O procedimento, que pode ser feito em todos os tipos de pele, trata rugas superficiais, manchas (até mesmo as mais escuras), sardas brancas, excesso de oleosidade e atenua linhas finas. O resultado é a uma pele mais macia, suave e renovada.

Peeling de Ácido Glicólico

O ácido glicólico é alfa hidroxiácido [AHA], que pode ser encontrado naturalmente na cana de açúcar. Diferente do peeling realizado com ácido retinóico, a substância desta metodologia não tem tanta sensibilidade à luz solar, o que torna possível fazer em qualquer época do ano. Ou seja, se no verão surgir uma brecha, há como zelar para ficar com a pele mais bonita. Ele age tanto na prevenção, como na correção do envelhecimento cutâneo, e na melhora de marcas causadas pela exposição ao sol.

É importante ressaltar que, embora esses tratamentos possam ser feitos em qualquer estação, o uso do protetor solar é imprescindível para a conquista de um bom resultado e, é claro, evitar o envelhecimento precoce e as manchas causadas pelos raios UVA.

Mandamentos de ouro

Transformar fios escuros em loiros pode até ser fácil. O complicado é fazer com que eles fiquem saudáveis e macios depois da química.

5 dicas para um cabelo loiro saudável

Transformar fios escuros em loiros pode até ser fácil. O complicado é fazer com que eles fiquem saudáveis e macios depois da química.

O sonho dourado de ter fios claros requer dedicação. E para saber o caminho das pedras para manter o cabelo saudável e, consequentemente, bonito, conversamos com o hair stylist especialista em loiras lindas: Romeu Felipe. Ele alerta que nos casos mais graves de danos pode-se levar até mais de um ano para resgatar completamente os fios. Assim, para que essa não seja você, abaixo estão as regras de Romeu:

1. Evitarás o alisamento

“As progressivas, botox, escovas definitivas são vilões porque formam um filme que impermeabiliza os fios. Isso faz com que a gente não consiga mais hidratar, tratar esse cabelo, uma vez que ele perde a capacidade de absorção de nutrientes. Por dentro, ele fica ressecado, sensibilizado, chega a ficar oco. Isso faz com que sofra muito com a química de descoloração e possa até quebrar”, alerta o expert.

2. Farás o teste de mechas

Caso você caia em tentação e não consiga mesmo viver sem alisar os fios, a recomendação de Romeu é sempre fazer um teste de mechas antes da química. Ele vai revelar se seu cabelo aguenta passar pelo processo sem se romper. Para isso, deve-se aplicar o produto alisante em uma pequena mecha, de preferência na parte de trás da cabeça, e fazer todo o procedimento de alisamento. Caso a mecha escolhida chegue ao final do processo sem se arrebentar, é sinal de que o cabelo está bem.

3. Não abandonarás o salão

Dizer adeus ao cabeleireiro e só visitá-lo novamente para o retoque da cor não é a melhor opção. “Fazer tratamentos à base de queratina, aminoácidos, para repor a proteína dos fios, quinzenalmente, especialmente no salão é muito importante. A diferença é que os tratamentos feitos por profissionais são mais intensos e, geralmente, mais longos e requerem vários passos”, diz o hair stylist.

4. Tratarás o cabelo em casa

Para manter os benefícios conquistados na cadeira do salão, é importante fazer a lição de casa e dar continuidade ao tratamento. “Recomendo ir revezando o uso de uma máscara de reconstrução com uma de nutrição para suprir as necessidades dos fios. E também finalizar sempre com leave-in nutritivo e um óleo para garantir maleabilidade e brilho”, conta Romeu. Segundo ele, com essa recomendação, você não corre o risco de deixar o cabelo rígido pelo excesso de ingredientes reconstrutores.

5. Serás comedida nos matizadores

Já na hora de manter o tom longe do amarelamento e da oxidação tão comum às loiras, Romeu fala: “Em casa, é bom usar um shampoo violeta suave. Mas não pode ser de cor muito intensa, como máscaras matizadoras. Elas têm pigmentos que depois são difíceis de serem eliminados na descoloração. Você pode usar uma vez por semana a linha Color Recharge, de Wella Professionals, que é suave e só para tirar aquele fundo oxidado. No salão, a cada 2 meses, tonalizar dá a cara de cabelo novo”.

Dicas:Romeu Felipe Hair stylist

Fonte:Beleza na Web

6 motivos para fazer a barba em uma barbearia Barbearias modernas oferecem muito mais do que cortes de cabelo e barba

Aceitar ajuda naquilo que pode ser feito com as próprias mãos é algo que fere o orgulho de muitos homens. Mas, se você resolver aparar a própria barba e algo der errado, é provável que você tenha que raspar tudo – e sucumbir todo o trabalho que teve para deixá-la do jeito que queria.
De fato, tirar aqueles pelos que nascem no pescoço ou que não saem da boca pode não um bicho de sete cabeças. Porém, arrumar o comprimento e alinhar a barba são tarefas arriscadas. Ir a um barbeiro é a melhor opção. Além disso, as barbearias modernas deixam para trás aquela impressão de ser um local só para cortar barba e cabelo.
Veja 6 razões para ir a uma barbearia:
Cervejas especiaisO ambiente de uma barbearia é totalmente masculino. Por isso, para atrair novos clientes (e conservar os antigos), muitas investem naquilo que os homens mais gostam: chope e cerveja. Equipadas com freezers e chopeiras, elas chegam a servir bebidas artesanais e estrangeiras. Algumas possuem bares integrados e servem até petiscos e porções.
Corte com técnicaO cara fez cursos, treinou e hoje ele sabe como não mutilar a barba do cliente. O barbeiro não só consegue deixá-la no comprimento desejado, como também a alinha com navalha – o que torna o corte mais duradouro.
Jogar enquanto esperaAlgumas barbearias não exigem que o cliente marque um horário, e por isso, têm filas de espera. Mas esse não é motivo para não frequentá-las. Afinal, muitas delas são equipadas com vídeo games, pebolim e até mesa de bilhar, que podem ser usadas para acabar com o tédio da espera ou para entreter o filho enquanto você corta a barba e bebe uma cerveja.

Bater um papoGostar de contar histórias é quase um requisito para ser barbeiro. Mas, antes mesmo de ser atendido também é possível ter um bom papo. Jogar uma partida de Fifa ou sinuca com outras pessoas pode render boas conversas.
Comprar cosméticosEncontrar produtos para a barba é mesmo um desafio para os barbudos. Difíceis de serem encontrados em lojas físicas, itens como óleo, cera e balm costumam ser comercializados em barbearias.
Ter dicas do especialistaNem todo barbudo sabe quais são as funções dos produtos para barba. Para não comprar gato por lebre, os próprios barbeiros explicam as funções dos cosméticos e como  usá-los de acordo com sua barba. Além disso, eles também costumam dar dicas de como dar uma leve aparada na barba, sem correr riscos de assassiná-la.
Assistir a um jogo de futebolO futebol é uma das coisas que mais movem a paixão dos homens – e as barbearias sabem disso. Para deixar o cliente “em casa”, muitas transmitem as principais partidas das competições europeias e brasileiras. Em algumas, toda a temática é voltada para o mundo da bola.

Fonte: Area H


Como deixar o cabelo ondulado: truques e dicas para ter o ondulado dos sonhos

Por serem lindos, cheios de balanço e terem uma aparência bem natural e despojada, muitas mulheres amam os fios com ondas e buscam como deixar o cabelo ondulado.

Porém, diferente dos fios lisos e cacheados, que costumam ter apenas uma textura, os fios ondulados apresentam duas curvaturas: começam mais lisos e formam ondas e até cachos do meio até as pontas. E é justamente isso que pode fazer com que seja um pouco mais difícil deixar o cabelo ondulado e cuidar dele adequadamente.

Mas não precisa se desanimar! Com alguns truques e dicas para cabelo você vai conseguir conquistar o seu ondulado dos sonhos! E nós vamos te mostrar o passo a passo para isso!

Como deixar o cabelo ondulado: invista no corte certo

Sim, existem cortes de cabelo que têm o poder de deixar os cabelos mais leves e soltos e isso pode ajudar bastante na formação das ondas!

Os cortes em camadas, repicados e desfiados são os melhores para conseguir esse efeito. Pois, de forma geral, eles ajudam a distribuir melhor o peso dos fios. Mas o ideal é que você informe ao seu cabeleireiro que está buscando como deixar o cabelo ondulado e ele vai orientar o melhor corte e finalização  para você.

Como deixar o cabelo ondulado: use os produtos adequados

Encontrar os produtos certos é fundamental para quem quer um cabelo ondulado de dar inveja. O ideal é optar por um produto para cachear cabelo que não seja muito pesado e espesso. Pois as ondas precisam de leveza para se formar e ficar com um aspecto bonito e natural.

Uma dica é usar a linha #todecacho para cabelos tipo 2, como a máscara Cheia de Onda {Brilho Extraordinário} e o creme para pentear {Pura definição}, que mantém os cabelos super hidratados, brilhantes e ainda ajuda na formação e definição das ondas.

Como deixar o cabelo ondulado: aposte na texturização

Por serem lindos, cheios de balanço e terem uma aparência bem natural e despojada, muitas mulheres amam os fios com ondas e buscam como deixar o cabelo ondulado.

Porém, diferente dos fios lisos e cacheados, que costumam ter apenas uma textura, os fios ondulados apresentam duas curvaturas: começam mais lisos e formam ondas e até cachos do meio até as pontas. E é justamente isso que pode fazer com que seja um pouco mais difícil deixar o cabelo ondulado e cuidar dele adequadamente.

Mas não precisa se desanimar! Com alguns truques e dicas para cabelo você vai conseguir conquistar o seu ondulado dos sonhos! E nós vamos te mostrar o passo a passo para isso!

Como deixar o cabelo ondulado: invista no corte certo

Sim, existem cortes de cabelo que têm o poder de deixar os cabelos mais leves e soltos e isso pode ajudar bastante na formação das ondas!

Os cortes em camadas, repicados e desfiados são os melhores para conseguir esse efeito. Pois, de forma geral, eles ajudam a distribuir melhor o peso dos fios. Mas o ideal é que você informe ao seu cabeleireiro que está buscando como deixar o cabelo ondulado e ele vai orientar o melhor corte e finalização  para você.

Como deixar o cabelo ondulado: use os produtos adequados

Encontrar os produtos certos é fundamental para quem quer um cabelo ondulado de dar inveja. O ideal é optar por um produto para cachear cabelo que não seja muito pesado e espesso. Pois as ondas precisam de leveza para se formar e ficar com um aspecto bonito e natural.

Uma dica é usar a linha #todecacho para cabelos tipo 2, como a máscara Cheia de Onda {Brilho Extraordinário} e o creme para pentear {Pura definição}, que mantém os cabelos super hidratados, brilhantes e ainda ajuda na formação e definição das ondas.

Como deixar o cabelo ondulado: aposte na texturização


Para quem não tem cabelos ondulados naturalmente, ou quer definir melhor as ondas, o ideal é usar algumas técnicas de texturização, truques que ajudam a dar mais textura e forma para os cabelos.

Para quem está se perguntando como deixar o cabelo ondulado, os melhores métodos de texturização são:

Como ondular o cabelo com trança:

Primeiramente com os cabelos úmidos, aplique o seu creme para pentear favorito e trance os cabelos. Mas, se quiser ondas maiores, pode fazer uma ou duas tranças. Se preferir ondas menores e mais definidas, faça múltiplas trancinhas. Em seguida espere secar naturalmente ou use um secador para acelerar o processo. Desmanche as tranças quando os fios estiverem secos.

Como deixar o cabelo ondulado com coque:

Com os cabelos desembaraçados e úmidos, junte todos os fios, torça-os e faça um coque no alto da cabeça. Prenda com um elástico ou com grampos e fique com o penteado até a hora de sair de casa. Solte os cabelos e finalize com um pouco de óleo vegetal capilar para organizar as ondas.

Como ondular o cabelo amassando:

Quem já tem cabelos ondulados pode definir melhor as ondas aplicando creme para pentear ou um ativador de cachos e amassando os fios desde as pontas até a raíz.

Como deixar o cabelo ondulado com twists:

Essa forma de como deixar o cabelo ondulado segue o mesmo princípio das tranças. Mas a ideia é fazer twists, ou tranças de dois. Para isso, você não vai separar os cabelos em três, mas em duas mechas e torcer uma na outra.

Como ondular o cabelo com modelador:

Até mesmo com o modelador é possível deixar o cabelo ondulado. Desde que você tome alguns cuidados. Para começar, escolha um modelador com ponteira mais grossa, que é o ideal para cachos grandes, soltos e fios ondulados. Aplique um defrizante em todo o cabelo e separe-o em mechas espessas. Enrole a primeira mecha no modelador, espere alguns segundos e solte. Se o cacho ficar muito definido, segure a mecha para baixo e penteie com os dedos algumas vezes. Isso vai desmanchar um pouco o cacho e deixar o cabelo ondulado.

Como deixar o cabelo ondulado: não esqueça dos cuidados

Não basta só aprender como deixar o cabelo ondulado, é preciso cuidar muito bem para que ele esteja sempre bonito e saudável.

A melhor forma de fazer isso é começar investindo em um cronograma capilar composto por uma rotina de hidratações, nutrições e reconstruções que devolve as substâncias que as madeixas perdem no dia a dia e que são fundamentais para sua saúde.

Também é interessante fazer sessões de umectação capilar. Esse é um tratamento que consiste em aplicar óleo vegetal para reequilibrar a oleosidade dos cabelos e deixá-los mais brilhantes, macios e soltos.

Na hora do banho, evite a água quente e seque os fios com uma camiseta antiga ou outro tecido de algodão. Esse tipo de material ajuda a evitar o frizz e pode manter o seu cabelo ondulado por muito mais tempo!

Agora que você já sabe como deixar o cabelo ondulado, que tal conferir alguns penteados para eles?! Então veja aqui nossa seleção de penteados para fios ondulados e cacheados e se inspire!

Fonte: To de Cacho

Como fazer uma make perfeita em 9 passos!!!!

Preparar a pele corretamente, passar um primer em todo o rosto, usar uma base líquida ou cremosa e um corretivo para manchas e olheiras são algumas dicas que se devem seguir para conseguir uma maquiagem perfeita e sem falhas.

Além disso, é importante diferenciar entre a maquiagem para o dia ou para noite, pois a maquiagem para o dia deve ser mais leve e com tons mais claros e menos brilhantes elaborada. Além disso, quando se fizer a maquiagem, é importante evitar erros como o excesso de rímel ou pós, que acabam fazendo o efeito oposto.

1. Lavar e hidratar a pele

É importante lavar bem o rosto com água fria, passando um sabonete adequado para o rosto, e secar bem a pele e passar um disco de limpeza desmaquilante com água micelar, por exemplo, que é uma ótima opção para remover impurezas e resíduos de maquiagem da pele.

Por fim, deve-se aplicar um sérum e um creme hidratante e deixar a pele absorver estes produtos antes de se passar ao passo seguinte. Não se deve exagerar na quantidade de sérum e creme, já que pode comprometer o resultado final da maquiagem.

2. Passar um primer

primer é um produto específico que deve ser aplicado após os cuidados de hidratação, que vai ajudar a preparar a pele para receber a maquiagem. Este produto tem como função alisar e iluminar a pele, ajudar a fixar os restantes produtos e, em alguns casos, ajudar a controlar a oleosidade ao longo do dia.

3. Aplicar a base e o corretivo

Para dar mais luz à pele, uniformizar o tom e cobrir imperfeições, deve-se passar em todo o rosto uma base liquida, cremosa ou compacta, do tom adequado da pele.

Para escolher o tom da base, no momento da compra, deve-se passar uma pequena quantidade na região do maxilar inferior, espalhar e optar pela cor que se funde melhor com o tom de pele. O corretivo deve ter cerca de dois tons abaixo do tom de pele caso seja usado debaixo dos olhos ou no mesmo tom de pele, caso seja para cobrir imperfeições. Existem ainda corretivos com outras cores, como verde para aplicar em espinhas vermelhas, amarelo para aplicar em olheiras arroxeadas ou lilás, para olheiras marron.

A base pode ser aplicada uniformemente com um pincel ou esponja e o corretivo deve ser aplicado depois, imediatamente abaixo dos olhos, formando um triângulo desde o canto interno do olho até à região temporal e aba do nariz e nas pálpebras, para fixar melhor a sombra. Além disso, pode-se também optar por usar um corretivo nas imperfeições ou vermelhidão no rosto.

4. Passar as sombras

Para aplicar as sombras, deve-se começar por aplicar, com um pincel, uma sombra clara como cor base em toda a pálpebra, devendo-se em seguida aplicar uma cor ligeiramente mais escura para definir o côncavo, fazendo movimentos suaves para a direita e para a esquerda, contornando a região abaixo do osso. De seguida, pode-se escolher um toma mais escuro para o canto exterior do olho e uma cor mais clara para o canto interno, de forma a abrir e iluminar o olhar.

Para terminar, pode-se ainda passar um cor bem clara e luminosa ou mesmo um iluminador logo abaixo da linha da sobrancelha, para iluminar e levantar o olhar.

5. Definir a sobrancelha

Para definir a sobrancelha, deve-se começar por pentear os pêlos no sentido normal do crescimento e com um lápis ou uma sombra do mesmo tom, preencher as falhas, também no sentido de crescimento dos pêlos e por fim aplicar uma máscara de sobrancelhas, para fixar os fios e dar mais volume.

6. Aplicar delineador e máscara de cílios

Para terminar de maquiar os olhos, pode-se escolher usar um delineador, de preferência de cor marrom ou preta, que deve ser usado na pálpebra junto da linha dos cílios. O delineador pode ser em gel, caneta ou lápis, e em caso de gel este deve ser aplicado usando um pincel chanfrado.

Caso haja alguma dificuldade em fazer um risco fino e limpo com delineador, pode-se usar sombra preta ou marrom escura para fazer o risco, usando um pincel chanfrado. Para isso, basta molhar ligeiramente a ponta do pincel, em seguida passar na sombra e passar no olho tal como se faria com um delineador em gel. Desse modo, a sombra vai ficar bem mais compacta e o risco fica com um efeito ligeiramente esfumado.

No final, deve passar um pouco de rímel nos cílios, fazendo movimentos desde a base até às pontas.

7. Passar um pó compacto de cor ou translúcido

Para fixar toda a maquiagem, deve-se passar um pó compacto translúcido ou de cor em todo rosto usando um pincel grande e macio. Este pó vai ajudar a fixar a base, dando luz e reduzindo o brilho da pele.

8. Aplicar pó bronzeador e blush 

Por último, para terminar todo o processo, pode-se passar um pó bronzeador na lateral da face, debaixo do queixo, pescoço e têmporas e um blush nas maçãs do rosto. Para ser mais fácil de aplicar, deve-se sorrir para o espelho para que possa identificar melhor a região das maçãs do rosto.

9. Aplicar batom

A escolha do batom deve depender da maquiagem dos olhos, ou seja, se a maquiagem dos olhos destacar muito o olhar, a cor do batom deve ser mais discreta. Já se a maquiagem dos olhos for subtil, pode-se exagerar na cor dos lábios.

Dicas de maquiagem para o dia

Durante o dia, a maquiagem usada deve ser leve e não muito carregada, pois será essa maquiagem que que irá ficar até à noite, existindo por isso maiores chances da maquiagem carregada borrar e derreter. Além desse ser o tipo de maquiagem mais adequado para o dia, outro aspeto importante é que a luz do dia tende a evidenciar muito mais a maquiagem, não sendo por isso aconselhado um aspeto carregado.

O tipo e cor da pele é outro fator importante. Assim, mulheres morenas devem usar tons dourados, laranjas e pêssego, que vão proporcionar luminosidade, e em peles claras devem-se preferir os tons rosa e laranja claro que ajudam a dar cor ao rosto e a realçar os contornos.

Dicas de maquiagem para a noite

A maquiagem para a noite, já pode ser bem mais elaborada, pois a falta de luz permite a utilização de cores mais intensas, brilhantes e escuras, que se destaquem no rosto. No entanto, não se devem usar tons muito intensos simultaneamente nos lábios e olhos.

Boas opções para usar durante a noite, são os olhos pretos esfumados que realçam o olhar com um batom cor de pele ou rosa claro, ou os batons vermelhos ou cor de vinho, cores bem fortes mas sempre femininas e deliciosas que podem ser combinados com uma maquiagem nos olhos menos carregada.

Pode-se também usar um lápis delineador nos lábios antes de passar batom, para facilitar a sua aplicação e aumentar a durabilidade.

Se a pessoa tiver pele muito oleosa deve sempre optar por usar creme hidratante, base e pó solto com efeito matte para peles oleosas ou se tiver pele sensível com tendência para alergias, toda a maquiagem deve ser hipoalergênica.

Como remover a maquiagem 

Para tirar a maquiagem pode-se aplicar um pouco de óleo mineral em uma bola de algodão e remover primeiro dos olhos e da boca, e só depois de toda a pele. As loções de limpeza também ajudam a remover a maquiagem, mas no caso de peles sensíveis pode-se optar por usar uma loção caseira, que não agrida a pele. Para fazer:

  • 125 ml de iogurte natural desnatado;
  • 125 ml de água;
  • 1 colher (sopa) de calêndula seca;
  • 1 colher (sopa) de tomilho seco;
  • 2 colheres (sopa) de consoldas secas.

Para fazer esta solução caseira, deve-se juntar todos os ingredientes num frasco e levar para a geladeira durante 12 horas. Depois coar e transferir para um frasco de vidro escuro, de preferência, que se deve conservar na geladeira por, no máximo, uma semana.

Após a limpeza da pele com esta loção natural de ervas, pode-se aplicar um tônico e um bom hidratante.Criado por:  Equipe Editorial do Tua Saúde 

Fonte: Tua Saúde

A vida é curta. Os cílios não precisam ser!!! 3 dicas para eles não caírem!!!!

Xô, sujeira

A higiene da região dos olhos é muito importante para o crescimento saudável dos cílios. “O acúmulo de impurezas pode causar inflamação nas pálpebras, normalmente no local onde crescem os fios”, fala a extensionista de cílios da Mylash, Carina Arruda. É importante usar de loções próprias para região. 

Cílios também têm caspa

A pele oleosa e os olhos ressecados podem gerar coceira, vermelhidão e formação de crostas ou descamação na região dos olhos. Esses sintomas evoluem com práticas comuns no inverno, como exposição ao vento e água quente. “Um dos fatores que contribuem para a contaminação e propagação de bactérias ou fungos no local é o uso excessivo de cosméticos, como cremes e maquiagens com substâncias e/ou conservantes que irritam a pele”, alerta Carina. É importante que você procure um dermatologista que indicará o melhor tratamento para o seu caso.

Queda livre

É normal que os cílios se renovem naturalmente, mas um quadro de queda constante pode indicar carência nutricional, alergias ou excesso de maquiagem. “Usar máscaras, delineadores, lápis e sombras em excesso — e não removê-los corretamente pode ser um dos causadores do problema”, diz Carina. Retire toda a maquiagem antes de dormir com um demaquilante próprio para a região. “Faça movimentos de cima para baixo como se estivesse penteando os cílios, isso ajudará a remover a máscara”, ensina Carina. Você também precisa ficar alerta com a validade dos produtos: make vencida pode provocar alergias!

Tratar nunca é demais

Assim como a pele, os cílios também precisam de cuidados especiais, principalmente no inverno, com a queda da temperatura. “Para evitar fios secos e afinados, invista em cremes específicos à base de vitamina B5. Aplique o produto rente ao cílio, duas ou três vezes por semana, com o auxílio de um cotonete”, finaliza ela.

Fonte: Kaká Moraes Makeup artist em Beleza na Web




4 Dicas valiosas para seu Salão de Beleza sobreviver em Períodos difíseis.

Procuramos em alguns sites e com alguns educadores algumas dicas para que você consiga um diferencial e não sentir tanto os altos e baixos no seu salão, e encontramos na universidadedabeleza.com essas dicas valiosas, vale a pena a leitura.

Tempo de leitura: 3 minutos

Em tempos de crise econômica é quase impossível ter lucro, certo? Errado, e muito.

Talvez você não saiba, mas é justamente quando o cinto aperta que muitos negócios deslancham, simplesmente por receberem atenção redobrada de seus proprietários. Claro, o oposto também acontece, mas para fechar as portas por desleixo nem é preciso ser ano de crise, vamos ser sinceros.

Mas…

Se você reparar bem, as grandes ideias aparecem justamente nos momentos de aperto, quando você tem que ter garra para manter a cabeça fora d’água e ainda nadar até a praia, alcançando a terra firme em segurança.

Veja 4 dicas para seu salão de beleza sobreviver em períodos de crise e continuar se dando muito bem depois que ela passar.

1 – Crie um Diferencial

Com certeza você tem um carro-chefe, um ponto forte.

Pode ser aquele serviço para o qual você tem mais clientes, uma inovação que está fazendo sucesso ou até mesmo um colaborador que chegou cheio de novidades. Se não tem ainda, está na hora de ter: pesquise, leia a respeito do que está acontecendo lá fora, faça cursos de atualização, ofereça um novo serviço, forme parceria, crie alguma coisa. Deixe o “mais do mesmo” para trás e seja original.

2 – Invista em Divulgação

Saia do feijão-com-arroz e monte uma estratégia de marketing, mais do que nunca é hora de se fazer conhecer e vencer a concorrência.

Comece pensando em qual o seu público-alvo e se ele está sendo atingido da forma como deveria. Faça um cadastro de todos os seus clientes, com datas de aniversário, os principais serviços que feitos, os produtos mais usados por cada um, suas preferências.

Pergunte à sua equipe quais os assuntos mais abordados naqueles papos inevitáveis e monte um blog sobre os temas preferidos: beleza, cosmética, fofoca de televisão, moda, saúde.

Faça e-mail marketing com as principais novidades do salão, com parabéns nas datas festivas, avisando quando houver um produto ou serviço novo.

Aproveite as Redes Sociais para contar as novidades, colocar fotos da clientela antes e depois dos tratamentos. Não esqueça que as fotos são uma ótima forma de divulgar o trabalho do seu salão de beleza.

Saiba mais sobre divulgaçãoideias de marketing e redes sociais baixando gratuitamente nossos materiais aqui.

3 – Faça Promoções

Jamais pense que a beleza é supérflua e que os gatos com ela serão os primeiros a serem cortados em momentos de crise, a vaidade feminina não conhece limites para manter-se bonita.

Mas é claro que o seu salão de beleza será mais bem vindo ainda se fechar promoções e parcerias. Você pode dedicar um dia na semana para dar desconto a determinados tratamentos, faça combos, ofereça descontos para afiliados de academias, clubes e cursos.

Quer mais ideias de marketing? Temos 63 para você.

Crie um sistema de fidelização no qual a cliente ganhe um serviço gratuito após determina frequência, como uma escova gratuita a cada seis tinturas, por exemplo. Mas não esqueça que uma promoção é justamente isso, uma promoção: tem inicio e fim, caso contrário ela se tornará o preço normal do seu salão e acabará perdendo a graça. Você deve, sim, trocar as promoções a cada mês, por exemplo, lançando sempre uma novidade no ar e já criando uma expectativa para o mês seguinte.

4 – Valorize seus clientes

Uma ótima forma de conseguir mais clientes é valorizando os antigos. Crie então um programa de indicação, no qual seus clientes sejam recompensados de alguma forma por indicarem mais clientes.

Pense em uma forma de controlar quem está indicando quem e como os clientes apareceram, seja por um pequeno e rápido questionário na entrada ou um bate papo informal, mas não esqueça de anotar direitinho quem fez a indicação e premiá-lo por isso.

Desta forma você estará não só driblando a crise, mas construindo um futuro de sucesso, independentemente do momento econômico.

E você, como o que está fazendo em tempos de crise? Conte suas ideias para a gente aqui nos comentários!