Outubro Rosa

Mês de prevenção ao câncer de mama!!!

Previna-se!!!

Realize atividades físicas

Alimente-se de forma saudável

Realize exames periodicamente

Busque manter um peso adequado

Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!

Quem é que nunca ficou em dúvida quando o assunto é cabelo colorido? Todo mundo, né? Afinal, são tantas questões para levar em consideração. Qual a cor que vai mais combinar com a gente, quais são as tonalidades do momento, como é o procedimento, cuidados após o processo de coloração…

Enfim, dúvidas não faltam sobre cabelos coloridos. Portanto, consideramos as dúvidas mais comuns sobre o assunto e trouxemos um conteúdo super bacana, especialmente para você. Quer conferir? Então fica por aqui!

Quem pode aderir os cabelos coloridos

Essa é fácil! Todo mundo pode aderir aos cabelos coloridos, ué! Isso porque há uma variedade enorme de opções de cores para você escolher aquela que mais combina com você, ou que conquistou o seu coração. Afinal, esse é outro ponto muito importante: a sua vontade. Ou seja, já chega daquela ideia de que você só pode pintar o seu cabelo dessa ou daquela determinada cor.

Chega de ditadura de beleza! Obviamente, estamos aqui para guiar a sua escolha para que ela seja o mais harmoniosa possível em relação a sua cor de pele, fios naturais, olhos e tudo mais. Porém, é preciso deixar claro que isso não basta de uma sugestão, porque você pode tudo! Então vem com a gente conferir diquinhas baphônicas para abalar a estrutura da sociedade com o seu próximo look.

Como escolher a cor e o tom certo para seu tipo de pele

As nossas diquinhas vão deixar essa escolha muito mais fácil. Mas, o mais indicado é procurar um bom profissional hairstylist, cabeleireiro, colorista ou paisagista. Esses profissionais possuem técnicas especiais para analisar as cores que mais combinam com cada detalhe do seu rosto, cor da pele, dos olhos, dos lábios, base do cabelo, entre outros.

Confira os segredinhos que vão te ajudar a tomar uma decisão mais fácil. Facilitando, inclusive, o trabalho do profissional escolhido.

Existem alguns subtons categorizados quando falamos sobre cor de pele.

Vamos começar com a pele bem branquinha, essa, por ser um pouco mais neutra, vai bem com diversas cores de cabelo, com exceção àquelas muito escuras tipo preto azulado, que se destacam demais da pele branca, ou as muito claras como o loiro platinado, que acaba mesclando com a cor da pele e provocando um efeito apagado no rosto.

Depois dessa vem a pele clara rosada. Ela harmoniza com tons mais frios, como nuances da cor cinza e outras tonalidades escuras.

A pele amarelada, que vem em seguida, pede cores terrosas. Os tons de marrom, nuances acobreadas ou vermelhas, e até mesmo douradas, a valorizam.

Popularmente conhecida como pele morena, a pele negra de tom claro -nomenclatura mais correta- harmoniza também com as tonalidades de marrom, como o castanho natural, chocolate médio e também fundo acobreado mais fechadinho. Essas cores dão destaque ao bronze da pele e formam uma combinação lindíssima!

As cores de cabelo mais escuras e fechadas ficam mega equilibradas nas pessoas de pele negra de tom escuro. Aqui dá para apostar no chocolate também e avelã. Fundos com nuances de dourado e vermelho também ficam um completo arraso! Pois dão ainda mais vida ao tom de pele, garantindo um look cheio de poder.

Ah, e para iluminar o visual com muita leveza e bom gosto, aposte em luzes suaves e douradas.

Passo a passo de como pintar os cabelos coloridos

Vamos contar para você tudinho! De como funciona o processo de coloração do cabelo, entretanto, é importante destacar que o mais indicado nesses casos é investir em um bom cabeleireiro, hairstylist ou colorista que saiba muito bem o que está fazendo. Dessa maneira você evita resultados indesejados e protege seus fios de danos mais extremos. Entenda melhor como funciona o procedimento abaixo.

1- Teste de porosidade

O profissional vai avaliar o seu fio para definir se ele está saudável o suficiente para passar pelo processo de coloração (ou descoloração, se for o caso). Se o teste apontar que o seu fio está com alta porosidade e danificado, ele deverá recomendar que você adie o procedimento e volte depois de alguns dias aplicando o cronograma capilar para recuperar os fios.

2- Cronograma capilar

Esse é um tratamento que devolve aos fios tudo o que precisam para se manterem saudáveis: água, nutrientes e proteína. Para isso é preciso combinar etapas de hidratação, nutrição e reconstrução, respectivamente. No caso de fios porosos e danificados, o cronograma é ajustado com mais etapas de reconstrução para restaurar a fibra capilar e devolver a massa perdida. Entretanto, os outros tratamentos não devem ser deixados de lado, devendo ser intercalados entre eles.

Veja abaixo um modelo de cronograma capilar com ênfase em hidratação. Lembrando que você sempre pode ajustar o cronograma para as suas necessidades, podendo ser nutrição ou, como no caso dos danificados que já mencionamos, a reconstrução. O mais indicado é não esperar o seu cabeleireiro dizer quando você tem que fazer o cronograma. Tente colocá-lo em prática no seu dia a dia. Assim os seus fios estarão sempre saudáveis e prontos para passar por um procedimento de coloração ou descoloração, não precisando adiar os seus planos, como vimos acima.

Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!

3- Referências e inspirações

Uma etapa muito importante do processo de coloração é ir preparada. Ou seja, é o que você está fazendo agora, lendo e se informando. O que vale, principalmente, é procurar referências para levar ao seu cabeleireiro. Isso vai ajudar e muito para que ele entenda o que você quer. Vamos ver algumas inspirações bem legais lá no final. Além disso, quando você entende o processo, consegue imaginar melhor o que dá para realizar no seu cabelo ou não. E desta forma, deixa a etapa mais simples para todos. Por isso, considere o que você busca, leve referências e explique ao profissional. E então, você verá que o resultado sairá muito mais próximo do que você busca.

4- Visagismo e análise de cores

Depois de mostrar para o seu profissional escolhido o que você busca, ele irá analisar o material ou as ideias que você levou e colocar em prática o visagismo. Ou seja, as melhores cores para apostar no seu visual. Considerando o seu tom de pele, cor dos olhos e todos os detalhes que mencionamos no começo. Depois de chegar a um resultado, ele vai lhe apresentar algumas opções e você vai escolher aquela que mais lhe agrada. Lembrando que também vale escolher aquelas cores que ele não recomendou, ok? A escolha é sua, a sugestão é sempre algo para você levar em consideração a harmonia do look, mas de maneira alguma é regra. Escolhido o visu, é hora de botar a mão na massa.

5- Preparação

Agora que você tomou uma decisão e o look já está escolhido, o profissional precisa fazer todos os preparativos para a coloração/descoloração. Primeiro ele deve aplicar um creme protetor na área das têmporas e testa, perto do rosto e orelhas prevenindo manchas. Depois disso vem a capa plástica protetora para não sujar aquela sua blusinha linda. Por fim, ele vai fazer a mistura da tinta de cabelo com a loção reveladora para aplicar nas suas madeixas. Caso você tenha optado por mechas loiras mais abertas, talvez o colorista opte por misturar o pó descolorante e a água oxigenada primeiro para fazer uma descoloração antes da coloração.

6- Teste de mecha

Seja qual for a técnica escolhida (coloração ou descoloração), antes de tudo o profissional deverá realizar um teste de mecha. A técnica consiste em pegar uma pequena mecha de cabelo da parte da nuca e aplicar a mistura química. Ele deverá aguardar o tempo que achar necessário e retirar em seguida. Nesse momento o cabeleireiro avaliará o estado do cabelo, se está saudável após o procedimento e se o resultado da mistura no cabelo foi o esperado. Caso tudo tenha acontecido direitinho, aí ele pode prosseguir com a coloração ou descoloração em todo o cabelo (ou mechas, se for o caso).

7- Coloração

Feitos todos os procedimentos anteriores, chegou a hora do cabeleireiro realizar a coloração/descoloração.

Ele aplicará a mistura em todo cabelo ou nas mechas separadas e aguardará o tempo que achar conveniente para alcançar o resultado desejado. Exatamente por esse motivo é tão importante recorrer a um profissional para realizar esse procedimento. Isso porque ele saberá quando remover os produtos para obter o melhor resultado e causando o mínimo possível de danos para o seu cabelo.

Como fazer teste de porosidade

A realização do teste de porosidade é muito importante! Com ele sabemos se o cabelo da pessoa está saudável o suficiente para passar por um procedimento químico como a coloração ou descoloração. Para realizá-lo é simples, confira abaixo o passo a passo!

1- Tire um fio do seu cabelo. Você não precisa necessariamente arrancar um fio inteiro, pode cortar um pedaço dele ou pegar um que tenha acabado de cair.

2- Encha um copo com água e coloque dentro esse pedaço de fio do seu cabelo.

3- Aguarde por volta de dois minutos e depois observe se o fio boia, afunda até a metade do copo ou afunda completamente até o final.

4- Caso o fio vá diretamente para o fundo do copo isso significa que o seu cabelo está com a porosidade alta. Ou seja, está danificado e fragilizado e não está apto a passar por um processo químico. O ideal é adiar a coloração/descoloração e apostar no tratamento de reconstrução capilar para devolver a massa do seu cabelo com queratina.

Observação: caso o fio boie, quer dizer que a porosidade do seu cabelo está baixa e o seu fio está saudável, porém, deve seguir realizando etapas de hidratação para cabelos coloridos. Por outro lado, se o fio afundar até a metade mostra que a porosidade do seu fio está em um nível ainda considerado normal. Entretanto, tem necessidade de cuidados para repor os nutrientes, como a nutrição capilar.

Quais são os cuidados após tingir os cabelos

Muitas pessoas acabam deixando os cuidados com os fios de lado depois da coloração. Esperando que o cabelo se recupere “sozinho”, mas não é bem assim. Depois da química o fio fica danificado e a tendência é só piorar caso não seja tratado.

Lembrando que, além de fragilizar, o cabelo que não está saudável também não tem uma aparência legal. De nada adianta gastar tempo e dinheiro com essa transformação, para desapegar dos cuidados e obter um resultado nada agradável. Se você quer um cabelo colorido vibrante, cheio de vida, brilho e balanço, é preciso manter os cuidados em dia. Se liga em quais são eles.

Cronograma capilar é obrigatório para cabelos coloridos

E não tem discussão! Isso porque somente o cronograma capilar vai recuperar e ao mesmo tempo manter a saúde dos seus fios tingidos. Lembre-se que a pessoa que escolhe colorir o cabelo deve cuidar sempre das madeixas para que elas fiquem belas. Não tem como fugir! Por isso a combinação das etapas de hidratação, nutrição e reconstrução do cronograma são perfeitas para devolver a umidade, nutrientes e massa capilar que o fio necessita para estar sempre com tudo em cima.

Atenção especial para a reconstrução

Depois da coloração o cabelo apresenta danos. E, até que ele se recupere, é preciso dar prioridade para a etapa de reconstrução quando estiver seguindo o cronograma capilar. Isso porque esse tratamento é o responsável por recuperar e restaurar o fio. Para isso, aposte em produtos, em especial máscaras de tratamento, com queratina na composição.

Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!

Use o shampoo certo

Para evitar o desbotamento é essencial usar o shampoo correto. Por isso, opte por um shampoo que proteja a coloração por mais tempo, como o S.O.S Bomba Cachos e Crespos. Outra opção válida são os shampoos sem sal, indicamos o shampoo Óleos Milenares Maria Natureza.

Água quente jamais

Além de danificar ainda mais os fios, a água muito quente também acelera o desbotamento da cor. Portanto, passe a lavar a cabeleira com água morna ou, de preferência, fria.

Matizador para as loiras é lei

Se você pintou o cabelo de loiro deve saber que essa cor apresenta manchas de oxidação com o tempo. Para corrigi-las basta se jogar nos produtos matizadores, como a máscara Matizadora S.O.S Bomba, quando achar necessário.

Retoque da cor

Entre uma ida e outra ao salão para fazer a manutenção da cor da raiz, é preciso retocar aqueles fios que já estão desbotados e opacos. A melhor opção é investir em um banho de brilho. Pois, além de tratar, promove uma cor muito mais intensa e, claro, brilhante.

Experimente os banhos de brilho da linha Color Express. Você pode usar o produto puro ou misturar com um pouco da sua máscara de hidratação favorita.

Cuidado com as fontes de calor

Não é nada legal submeter o cabelo colorido ao uso do secador ou modelador com muita frequência. Por isso, tente diminuir ao máximo o uso desses aparelhos. Isso porque eles tendem a danificar ainda mais os fios.

Protetor térmico sempre

Se for usar ferramentas de calor, o protetor térmico é obrigatório. É ele que vai proteger o seu fio e amenizar os danos da alta temperatura desses aparelhos.

A manutenção é sagrada

Mesmo com todos esses cuidados a sua raiz vai crescer. Se você quiser manter a cor vai ter que voltar ao salão para fazer a manutenção. O tempo entre uma visita e outra pode variar entre a técnica que você escolheu, a cor e o crescimento natural dos seus fios. A média é a cada 30 dias, mas vale questionar o seu cabeleireiro.

Inspirações de cabelo colorido

Agora que você já está fera sobre o assunto “cabelos coloridos”, é a hora de se inspirar e descobrir qual é aquele look feito sob medida para você. Então confira abaixo as referências bacanas que separamos para você tomar sua decisão de uma vez por todas!


Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!
Dúvidas sobre cabelos coloridos? Respondemos à todas elas para você!

Fonte:To de Cacho

Como dos cabelos crespos e afros??

Os cabelos crespos ficaram quase extintos com a onda dos fios chapados. Mas quem assume as madeixas no estilo afro, chama a atenção por onde passa. Por isso, não é preciso escondê-los. Para deixar os cabelos crespos ainda mais lindos, a mulher pode lançar mão de penteados e cores, além de ter alguns cuidados especiais com o cabelo afro.

O cabelo afro pode até ter uma aparência forte e resistente, mas, na verdade, este é o tipo de fio mais delicado, pois é fino e poroso. Os crespos sofrem com o volume excessivo, o aspecto ressecado e a falta de brilho. É preciso investir em hidratação, bons produtos e muita dedicação.

O que você pode fazer para manter os cabelos saudáveis?

Boa alimentação – Mantenha uma dieta equilibrada com muitas proteínas, vegetais frescos e água, para manter a vitalidade dos fios de cabelo. Uma boa opção é investir, sem exagerar na dose, em frutas como o abacate, que são mais gordurosas e ajudam a manter a oleosidade dos fios.

Lavagem adequada – Lave os fios utilizando apenas água morna, pois a água muito quente resseca ainda mais. O segredo para deixar o cabelo crespo bonito e saudável é a hidratação. Não vai adiantar nada usar um bom creme e produtos adequados se você lavar com água quente: os fios não vão responder ao tratamento.

Hidratação – Os cabelos crespos devem ser hidratados semanalmente. Aposte nos produtos à base de silicone, colágeno e de elastina, proteínas, óleos e extratos vegetais, ceramidas e vitamina E — que repõem nutrientes e ajudam a unir as pontas duplas.

Cabelo afro requer hidratação e condicionamento profundo, principalmente quando o cabelo estiver exposto a relaxantes químicos, penteados puxados e aparelhos de calor, como enroladores e chapinhas. Um condicionador não é nada mais do que um creme aplicado ao cabelo para alisar os fios, amaciar o cabelo e restaurar a hidratação. Alguns óleos também podem ajudar. Concentre-se em hidratar tudo, apenas sempre excluindo o couro cabeludo.

Corte de cabelo – Um bom corte é uma das principais armas contra o volume dos fios. No caso dos cabelos crespos, ele ajuda a remover as pontas ressecadas e manter o penteado em dia. Cada cabeleireiro tem sua técnica, mas todos concordam que o corte reto deve ser evitado. Com o cabelo todo no mesmo comprimento, o volume acumula-se nas pontas. O resultado é um corte triangular, com pouco volume na raiz e muito nas extremidades.

Leave-in – Após aplicar o creme de pentear nos fios, deixe-os secar naturalmente e então, utilize produtos complementares como um gel hidratante e spray intensificador de brilho para ajudar a prevenir o ressecamento. Esses são produtos que protegem do ressecamento provocado pelas agressões do meio ambiente (vento, sol, etc.) e ajudam a reduzir o volume e a modelar. Pomadas, ceras, silicones e óleos capilares ajudam muito no frizz.

Óleo capilar – Os óleos vegetais podem, inclusive, ser utilizados diariamente, junto com o creme de pentear, sem deixar os fios oleosos. O segredo é dosar a quantidade. Essas hidratações com óleos e manteigas vegetais ajudam a recuperar a umidade dos fios, o que é essencial para o controle de volume, bem como para doar brilho e evitar pontas espigadas.


Fonte:Beleza e Saúde

Extensão de cílios X lifting de cílios: saiba qual é mais indicado para você Especialista faz um comparativo entre as técnicas

Cílios volumosos e curvados destacam qualquer olhar. Além da máscara de cílios, há alguns procedimentos que podem ajudá-la a conquistar cílios poderosos, como a extensão (ou alongamento) – queridinha das celebridades -, em que são colados fios sintéticos nos naturais para um efeito de cílios de boneca; e o outro é o lifting – também conhecido como permanente de cílios -, que se utiliza um gel para deixar os cílios naturais mais curvados e organizados. Carina Arruda, fundadora da Mylash, faz um comparativo entre as técnicas para você escolher a ideal para você.

EXTENSÃO DE CÍLIOS
Requer manutenção de 2 a 4 semanas.
Utiliza fios sintéticos colados nos cílios naturais.
Elimina a necessidade de curvex e máscara de cílios.
Não causa danos nos cílios naturais.
Recomenda-se que sejam escovados diariamente para não embolar.
Existem vários tipos: a cliente escolhe entre mais volume, maior comprimento ou os dois.
É necessário esperar de 24 a 48 horas para molhar os cílios pela primeira vez após a aplicação.
É recomendado evitar esfregar a região para não danificar.
O procedimento dura cerca de 2 horas.
Exige uso de shampoo específico para higienizar a região.

LIFTING DE CÍLIOS
A duração varia de 2 a 3 meses.
Utiliza uma formulação para curvar os cílios naturais.
O uso de máscara de cílios é liberado.
Deixa os cílios mais organizados e brilhantes.
Não entra em contato com a pele, portanto não causa alergia.
Deve-se evitar aplicar água quente nos olhos.
É preciso ter cuidado com a água do mar, pois resseca os cílios.
O procedimento dura cerca de 45 minutos.
Exige o uso de hidratante para a região dos olhos.

10 dicas preciosas para mechas perfeitas

Conversamos com alguns dos maiores experts em coloração do Brasil que nos deram dicas mais que preciosas para arrasar nas mechas. Confira!

1. No caso de fios virgens, as mechas podem ser feitas com coloração e clareadas em até três tons. Já nos coloridos escuros há necessidade de passar por uma descoloração – sem se esquecer, é claro, de antes realizar o teste para conferir se a fibra resiste à química.

2. Apesar de serem serviços praticamente personalizados, é importante prestar atenção em alguns detalhes antes de realizá-los. “Cada cliente pede uma combinação adequada às suas características pessoais e condições do cabelo, bem como textura, corte e forma como ele costuma ser estilizado”, avisa a hairstylist Jô Nascimento, do Estúdio Jô Nascimento, em Limeira (SP). E mais: a pele conta muito ao escolher a nuance da mecha, que deve ser de dois a três tons abaixo da cor da pessoa. Loiros que puxam para o amarelo ficam ótimos com mechas bege, já os castanhos e avermelhados são perfeitos com acobreados.

3. Após descolorir o cabelo é essencial matizá-lo. “O tonalizante neutraliza o amarelado da parte clareada e dá uma nuance mais natural e menos marcada. Também devolve a estrutura normal do fio, que é desestabilizada durante o procedimento químico”, explica a hairstylist Jô Nascimento, do Estúdio Jô Nascimento, em Limeira (SP). A expert costuma marmorizar com tons 8.13, 9.1 ou 8.1 e deixar agir por 20 minutos.

4. Quando os fios descoloridos estão sem brilho ou amarelados demais, o cabeleireiro Sylvio Rezende, do Salão Tony by Sylvio Rezende (SP), utiliza uma mistura de oxidante (100 ml de 30 vol), pó descolorante (100 g) e xampu antirresíduos (100 ml). “Basta misturar tudo e aplicar nos fios, massageando até dar o desbotamento desejado. Enxaguar bem e aplicar o tonalizante na cor escolhida”, afirma ele.

5. É essencial fazer um bom serviço de retoque para manter as mechas impecáveis. Portanto, o profissional deve ser muito cuidadoso e trabalhar apenas a parte crescida da raiz. Esse cuidado evita sobrecarregar os fios com nova química, o que eliminaria elementos essenciais como proteínas e água e resultaria em ressecamento e até quebra.

6. Mas se na hora do retoque a cliente quiser o cabelo ainda mais claro, a solução é fazer outras mechas e em tons mais claros. Para isso, basta pegar novos fios e trabalhá-los da raiz às pontas. Nos que já foram descoloridos, é só dar sequência às faixas, aplicando a química apenas na parte crescida. Caso a pessoa queira abafar um pouco as luzes, o colorista deve eleger uma cor dois tons mais escura e aplicá-la de ponta a ponta, fazendo uma faixa escura a cada três ou quatro trabalhadas no retoque.

7. Outro detalhe é não exagerar na dose do produto (lembre-se de que ele ganha volume durante a reação química), principalmente perto da raiz, para que não escorra e atinja partes já trabalhadas. O tempo de pausa também deve ser observado e não pode ser inferior ao da última aplicação.

8. Além da mudança de tonalidade, também é possível trocar de técnica. Para ir de reflexo para luzes, por exemplo, o indicado é fazer um processo inverso, usando coloração em nuance próxima ao fundo para cobrir as mechas finas do comprimento. Depois, puxar luzes no mesmo tom da descoloração anterior. Já se a ideia é partir de luzes para reflexos, as faixas devem ser mais largas e em maior quantidade, da parte crescida da raiz até as pontas, sem deixar o produto encostar na que foi descolorida anteriormente. E, para finalizar, o tonalizante, que
elimina tonalidades indesejadas

9. Se mesmo com toda atenção o cabelo manchar, siga a dica de Sylvio Rezende: “Faça o retoque com um pincel bem fininho, usando base 5.0 ou 6.0, que são nuances que ‘fecham’ o tom manchado”, ensina.

10. Nunca, jamais, esqueça de fazer o diagnóstico. É importante saber o histórico do cabelo, analisá-lo atentamente e realizar teste prévio, para evitar problemas com a incompatibilidade de químicas. Lembre-se de que o fio alisado com hidróxidos de guanidina, sódio ou lítio e tioglicolato de amônio, ao entrar em contato com o descolorante, tende a emborrachar e até cair.

Mãos à obra!

Fonte: Cabelos & Cia

Foto: Reprodução / The Small Things

Penteados para noivas

Penteados para noivas

No grande dia, é fundamental harmonizar o cabelo com o modelo do vestido escolhido, como acrescenta Sonia Nesi: “As noivas devem ter uma consultoria. Se o vestido for muito elaborado, bordado e com mangas compridas, vale prender os fios para mostrá-lo bem. Porém, se for um vestido para casamento diurno, as coroas de flores estão com tudo nos fios soltos e com babyliss”.

Leia também: Penteados para cabelos cacheados que todas podem fazer em casa

Foto: Reprodução / The Small Things

FOTO: REPRODUÇÃO / THE SMALL THINGS

Foto: Reprodução / The Beauty Department

FOTO: REPRODUÇÃO / THE BEAUTY DEPARTMENT

Foto: Reprodução / Bridal Musings
Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Wedding Bee

FOTO: REPRODUÇÃO / WEDDING BEE

Foto: Reprodução / Once Wed

FOTO: REPRODUÇÃO / ONCE WED

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / Style Me Pretty

FOTO: REPRODUÇÃO / STYLE ME PRETTY

Foto: Reprodução / The Small Things

Fonte:Dicas de Mulher

Dicas de pentedos

Os cabelos certamente fazem parte do visual da mulher. O visual dos fios ajuda a complementar o look, combinando com a roupa e os acessórios, e é interessante que eles estejam harmonizados em ocasiões especiais.

Existem vários fatores que são importantes observar antes de optar por um penteado, como, por exemplo, o local do evento, horário e o destaque que você terá dentro dele. Com esses requisitos observados, é hora de escolher o penteado que mais te favorece e que vai arrematar seu visual.

Mesmo que não sejam para um evento específico, os penteados são alternativas para mudar o visual no dia a dia e fugir um pouco da aparência de sempre. Veja abaixo diversas dicas de penteados, comentadas pelos profissionais do salão Sonia Nesi e Rudi Werner, desde os mais simples até os mais elaborados, e que também se encaixam em diversas ocasiões:

Penteados para casamento

Para escolher o penteado para um casamento, é fundamental saber o horário e local do evento antes de definir o penteado e a maquiagem. A cabeleireira Sonia Nesi, do Studio Sonia Nesi, acrescenta: “É ideal também saber qual vestido será usado. Assim você escolherá o melhor penteado e maquiagem”.

Para os eventos durante o dia, a profissional indica os penteados com tranças para qualquer tipo de fio, ou até mesmo os fios soltos. Para eventos noturnos, a profissional acredita que uma trança mais elaborada possa ser uma ótima opção. Coques mais simples e rabos de cavalo mais incrementados também são ótimas alternativas, caso você seja apenas convidada e não desempenhe nenhum papel especial no evento.

Penteados para cabelos curtos

Quem pensa que os fios curtos ficam limitados para os penteados, está enganado. Para um penteado mais simples, o babyliss proporciona um charme e textura especial para os fios, e para penteados mais elaborados, tranças laterais e coques mais volumosos são ótimas saídas. A profissional Sonia Nesi, também destaca o uso de acessórios, como os grampos com pedrarias, por exemplo, que são ótimos para sair do óbvio e criar um diferencial para os cabelos curtinhos.

Penteados para formatura

Sem dúvidas, a formatura é uma data muito especial e deixa a formanda em busca de inspirações de look, cabelo e maquiagem, muito antes da data do evento. Sonia comenta as opções para esta data especial: “Escolha um coque, meio preso. Vale apostar em penteados que valorizem o rosto e investir numa bela maquiagem”. Para as que preferem os cabelos soltos, tranças ou meios presos bem acabados são ótimas alternativas.

Penteados para madrinhas

madrinha tem um papel importante de destaque na cerimônia. O hairstylist Rudi Werner, do Werner Coiffeur, comenta as opções de penteados: “Madrinhas também podem investir em coques, como o coque rosquinha, coque com topete, coque brigitte…Há um leque de opções. Mas, meio presos e tranças não precisam ser descartados”.

Foto: Reprodução / The Small Things

Fonte: Dicas de Mulher

3 tratamentos faciais que podem ser feitos em qualquer época do ano

Todas as mulheres querem estar sempre bonitas e atraentes e, de preferência, com rosto sedoso, exibindo jovialidade. O problema é encontrar espaço na agenda para realizar tratamentos faciais, que podem utilizar muito mais tempo do que temos disponível. Outra dificuldade é se programar para realizar técnicas que podem ser feitas somente em determinadas estações do ano.


Com a correria do dia a dia, é um grande desafio encontrar um horário para fazer as pazes com o espelho. No entanto, a Onodera possui metodologias que podem se encaixar em sua rotina e solucionar isso, do inverno ao verão. Ficou curiosa? Então, confira as nossas indicações a seguir.

Ono Peeling Fast

Essa novidade é direcionada especialmente para quem não quer ou não pode dedicar muito tempo, pois a sessão tem duração média de 15 a 20 minutos. Ideal para fazer na hora do almoço, por exemplo. E essa rapidez não interfere na eficácia. Pelo contrário, o procedimento é feito com um aparelho de laser que atinge toda extensão da derme, promovendo o rejuvenescimento e a produção de colágeno. A técnica trata ainda poiquilodermia, face avermelhada e rosácea.

Microdermoabrasão

Também conhecida pelo nome de Peeling de Cristal ou de Diamante, a técnica moderna e segura visa corrigir imperfeições e trazer de volta e manter a beleza da jovialidade. O procedimento, que pode ser feito em todos os tipos de pele, trata rugas superficiais, manchas (até mesmo as mais escuras), sardas brancas, excesso de oleosidade e atenua linhas finas. O resultado é a uma pele mais macia, suave e renovada.

Peeling de Ácido Glicólico

O ácido glicólico é alfa hidroxiácido [AHA], que pode ser encontrado naturalmente na cana de açúcar. Diferente do peeling realizado com ácido retinóico, a substância desta metodologia não tem tanta sensibilidade à luz solar, o que torna possível fazer em qualquer época do ano. Ou seja, se no verão surgir uma brecha, há como zelar para ficar com a pele mais bonita. Ele age tanto na prevenção, como na correção do envelhecimento cutâneo, e na melhora de marcas causadas pela exposição ao sol.

É importante ressaltar que, embora esses tratamentos possam ser feitos em qualquer estação, o uso do protetor solar é imprescindível para a conquista de um bom resultado e, é claro, evitar o envelhecimento precoce e as manchas causadas pelos raios UVA.

Mandamentos de ouro

Transformar fios escuros em loiros pode até ser fácil. O complicado é fazer com que eles fiquem saudáveis e macios depois da química.

5 dicas para um cabelo loiro saudável

Transformar fios escuros em loiros pode até ser fácil. O complicado é fazer com que eles fiquem saudáveis e macios depois da química.

O sonho dourado de ter fios claros requer dedicação. E para saber o caminho das pedras para manter o cabelo saudável e, consequentemente, bonito, conversamos com o hair stylist especialista em loiras lindas: Romeu Felipe. Ele alerta que nos casos mais graves de danos pode-se levar até mais de um ano para resgatar completamente os fios. Assim, para que essa não seja você, abaixo estão as regras de Romeu:

1. Evitarás o alisamento

“As progressivas, botox, escovas definitivas são vilões porque formam um filme que impermeabiliza os fios. Isso faz com que a gente não consiga mais hidratar, tratar esse cabelo, uma vez que ele perde a capacidade de absorção de nutrientes. Por dentro, ele fica ressecado, sensibilizado, chega a ficar oco. Isso faz com que sofra muito com a química de descoloração e possa até quebrar”, alerta o expert.

2. Farás o teste de mechas

Caso você caia em tentação e não consiga mesmo viver sem alisar os fios, a recomendação de Romeu é sempre fazer um teste de mechas antes da química. Ele vai revelar se seu cabelo aguenta passar pelo processo sem se romper. Para isso, deve-se aplicar o produto alisante em uma pequena mecha, de preferência na parte de trás da cabeça, e fazer todo o procedimento de alisamento. Caso a mecha escolhida chegue ao final do processo sem se arrebentar, é sinal de que o cabelo está bem.

3. Não abandonarás o salão

Dizer adeus ao cabeleireiro e só visitá-lo novamente para o retoque da cor não é a melhor opção. “Fazer tratamentos à base de queratina, aminoácidos, para repor a proteína dos fios, quinzenalmente, especialmente no salão é muito importante. A diferença é que os tratamentos feitos por profissionais são mais intensos e, geralmente, mais longos e requerem vários passos”, diz o hair stylist.

4. Tratarás o cabelo em casa

Para manter os benefícios conquistados na cadeira do salão, é importante fazer a lição de casa e dar continuidade ao tratamento. “Recomendo ir revezando o uso de uma máscara de reconstrução com uma de nutrição para suprir as necessidades dos fios. E também finalizar sempre com leave-in nutritivo e um óleo para garantir maleabilidade e brilho”, conta Romeu. Segundo ele, com essa recomendação, você não corre o risco de deixar o cabelo rígido pelo excesso de ingredientes reconstrutores.

5. Serás comedida nos matizadores

Já na hora de manter o tom longe do amarelamento e da oxidação tão comum às loiras, Romeu fala: “Em casa, é bom usar um shampoo violeta suave. Mas não pode ser de cor muito intensa, como máscaras matizadoras. Elas têm pigmentos que depois são difíceis de serem eliminados na descoloração. Você pode usar uma vez por semana a linha Color Recharge, de Wella Professionals, que é suave e só para tirar aquele fundo oxidado. No salão, a cada 2 meses, tonalizar dá a cara de cabelo novo”.

Dicas:Romeu Felipe Hair stylist

Fonte:Beleza na Web

6 motivos para fazer a barba em uma barbearia Barbearias modernas oferecem muito mais do que cortes de cabelo e barba

Aceitar ajuda naquilo que pode ser feito com as próprias mãos é algo que fere o orgulho de muitos homens. Mas, se você resolver aparar a própria barba e algo der errado, é provável que você tenha que raspar tudo – e sucumbir todo o trabalho que teve para deixá-la do jeito que queria.
De fato, tirar aqueles pelos que nascem no pescoço ou que não saem da boca pode não um bicho de sete cabeças. Porém, arrumar o comprimento e alinhar a barba são tarefas arriscadas. Ir a um barbeiro é a melhor opção. Além disso, as barbearias modernas deixam para trás aquela impressão de ser um local só para cortar barba e cabelo.
Veja 6 razões para ir a uma barbearia:
Cervejas especiaisO ambiente de uma barbearia é totalmente masculino. Por isso, para atrair novos clientes (e conservar os antigos), muitas investem naquilo que os homens mais gostam: chope e cerveja. Equipadas com freezers e chopeiras, elas chegam a servir bebidas artesanais e estrangeiras. Algumas possuem bares integrados e servem até petiscos e porções.
Corte com técnicaO cara fez cursos, treinou e hoje ele sabe como não mutilar a barba do cliente. O barbeiro não só consegue deixá-la no comprimento desejado, como também a alinha com navalha – o que torna o corte mais duradouro.
Jogar enquanto esperaAlgumas barbearias não exigem que o cliente marque um horário, e por isso, têm filas de espera. Mas esse não é motivo para não frequentá-las. Afinal, muitas delas são equipadas com vídeo games, pebolim e até mesa de bilhar, que podem ser usadas para acabar com o tédio da espera ou para entreter o filho enquanto você corta a barba e bebe uma cerveja.

Bater um papoGostar de contar histórias é quase um requisito para ser barbeiro. Mas, antes mesmo de ser atendido também é possível ter um bom papo. Jogar uma partida de Fifa ou sinuca com outras pessoas pode render boas conversas.
Comprar cosméticosEncontrar produtos para a barba é mesmo um desafio para os barbudos. Difíceis de serem encontrados em lojas físicas, itens como óleo, cera e balm costumam ser comercializados em barbearias.
Ter dicas do especialistaNem todo barbudo sabe quais são as funções dos produtos para barba. Para não comprar gato por lebre, os próprios barbeiros explicam as funções dos cosméticos e como  usá-los de acordo com sua barba. Além disso, eles também costumam dar dicas de como dar uma leve aparada na barba, sem correr riscos de assassiná-la.
Assistir a um jogo de futebolO futebol é uma das coisas que mais movem a paixão dos homens – e as barbearias sabem disso. Para deixar o cliente “em casa”, muitas transmitem as principais partidas das competições europeias e brasileiras. Em algumas, toda a temática é voltada para o mundo da bola.

Fonte: Area H